A vida do vinho

van gogh
“Gosto de pensar na vida do vinho, em como é algo vivo.
Gosto de pensar no que se passou quando as uvas cresciam, em como o sol brilhava ou se choveu… Como o tempo estava.
Eu penso sobre todas aquelas pessoas que cultivaram e colheram as uvas, e se for um vinho antigo, quantas delas já devem estar mortas hoje.
Eu amo a forma como o vinho continua a evoluir. Como, em toda vez que uma garrafa for aberta, ele terá um sabor diferente do que se fosse aberta em qualquer outro dia.
Porque na verdade uma garrafa de vinho está viva, está constantemente evoluindo e ganhando complexidade até atingir seu auge… E então começa seu contínuo e inevitável declínio.
E tem um gosto bom demais…”

Extraído do filme Sideways – entre umas e outras, dirigido por Alexander Payne.

Adoro ler citações sobre vinhos… Essa é uma cena do filme Sideways, em que a personagem Maya, interpretado por Virginia Madsen, fala o que pensa sobre o vinho.
Concordo plenamente!!!

Ilustração: A Vinha Encarnada, de Van Gogh, 1888, óleo sobre tela. Museu Pushkin.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s