Arquivo da categoria: Receitas

Lanchinho rápido de Aspargos com Ovos

Camera 360
Normalmente não tenho muito tempo para fazer o meu almoço. Então, a solução é inventar um prato rápido, que me sustente e que seja fácil de elaborar.
Hoje no almoço resolvi fazer aspargos com ovos.

Em uma frigideira, coloquei 2 fatias de pão integral para tostar.

Enquanto isso, cortei 2 aspargos frescos, deixando a ponta maior, e o restante cortei em pedaços de mais ou menos 1,5 cm. Refoguei-os rapidamente em uma frigideira com azeite, alho e alecrim. Um pouco de sal e pronto. Rapidinho, para ficar “al dente”. Uns 5 minutos.

Por cima, joguei dois ovos caipiras e tampei a frigideira para que cozinhassem, mas ficassem com a gema mole.

Em um prato coloquei os pães tostados, e, por cima, os ovos com aspargos e finalizei com fatias bem fininhas de mortadela com pistache.

Para beber, uma taça de espumante brut. Aspargos e ovos são difíceis de harmonizarem. Mas, sabemos que espumante vai bem com tudo, não é mesmo?

Esse prato é uma boa sugestão para entradinhas ou para petisco também!

Rapidinho e delicioso!

Bom apetite!!!

Anúncios

Quinua, um curinga na hora da fome!

quinoa_topic600 Andrew Scrivani
Foto Andrew Scrivani

Uma dica de comidinha leve para esses dias quentes, mas que sustenta de verdade é a Quinua*.
Cultivada nos Andes há milênios, é um dos alimentos mais completos do mundo.

Como não tenho muito tempo, tenho consumido bastante quinua em meu dia a dia, mudando os acompanhamentos para variar o sabor.

Cozinhá-la é muito fácil: 7 minutinhos e está pronta!
Escorra e invente um acompanhamento, de preferência com o que estiver sobrando na geladeira.

Hoje eu refoguei 1 cebola média, 1 talo de alho-poró no azeite.
Misturei a quinua já cozida e levei à geladeira.
Na hora de servir, acrescentei cenoura ralada, tomate sweet e hortelã para dar um frescor.

Fica ótimo também com alecrim ou manjericão!

Um pouquinho de limão ou aceto balsâmico, sal, pimenta do reino e pronto!!!

Hoje acompanhei com peito de peru, que deu um sabor defumado ao prato. Mas fica ótimo também com presunto parma.
Coloquei também uma colher bem cheia de queijo cottage (poderia ser outro também, por exemplo, o fetta).Camera 360

Para harmonizar, uma taça de um vinho branco geladinho. Perfeito!!!!

Estou super alimentada, sem estar estufada!!!

Bom apetite!!!!

* Além de proteínas, são encontradas na Quinua: vitaminas A (importante para a saúde dos olhos), B1, B2 e B3 (relacionados ao bom funcionamento do sistema nervoso central), B6 (ligada aos processos inflamatórios), E e C (antioxidantes, ou seja, previnem danos as nossas células) e os minerais, ferro (previne anemia); fósforo e potássio (ligado ao bom funcionamento dos músculos), magnésio (relacionados aos processos antiinflamatórios), zinco (constituinte do sistema imune) e o cálcio (contribui para boa formação dos ossos e dentes).

Tagliatelli com Abobrinha Baby e um Rosé de Bordeaux


Feriadão, em casa com a família, nada melhor do que preparar comidinhas.
Como acordamos tarde e a fome era grande, a opção rápida era uma pasta.
Abri a geladeira, peguei umas abobrinhas baby, tomate sweet, manjericão e  alecrim da horta e, para finalizar, lascas de amêndoas. Voilá:

2013-01-25 12.40.48

Eu tinha um vinho verde aberto na geladeira e foi ele mesmo que tomamos. Simples e harmônico!

2013-01-25 12.41.33

Como o vinho verde acabou, fizemos o “sacrifício” de abrir mais uma garrafa. Dessa vez, uma que harmonizasse mesmo. Gostei muito do resultado e do vinho!


Denis et Florence Dubourdieu, Bordeaux, França – 2011 – 12,5%
Empório Mercantil R$ 49,00
Vinho rosé, do produtor Denis Dubourdieu, muito fresco e frutado.
Um corte de Merlot e Cabernet Sauvignon.
Aroma de morangos e maçã.
Um rosé muito equilibrado e estruturado.
Delicioso!
Gostei muito da harmonização!

2013-01-25 15.53.04

Receita de Tagliatelli com Abobrinha Baby e Amêndoas


Para meio pacote de macarrão (pode ser penne, tagliatelli, fusili, farfale), que serviu 3 pessoas e sobrou:

3 abobrinhas baby
2 dentes grandes de alho
azeite extra virgem (à gosto)
Refogar as abobrinhas baby no alho, alecrim e azeite
Quando as abobrinhas estiverem al dente colocar os tomates cortados na metade
Colocar sal e pimenta do reino
Finalizar com manjericão fresco.
Ao servir, colocar as lâminas de amêndoas torradas e parmesão ralado (a gosto)

Atum ao forno e vinho rosé

Nem sempre a vida é fácil ou as coisas acontecem da forma que esperávamos …
Mas, para mim, nada como ir para a cozinha para acalmar os ânimos e acalentar o coração.
Ainda no meu trabalho, decidi que iria para a cozinha quando chegasse em casa. Chega de tristeza!

Decidi fazer o atum e, como é uma carne muito seca, imaginei fazê-lo tipo escabeche, para ficar úmido.
Rapidinho, peguei umas ervas no meu “quintal”, tomatinhos, cebola roxa e voilá: tudo para o forno!

2012-12-11 19.48.35

Pensando na harmonização, decidi por um rosé 100% Cabernet Sauvignon, que foi me apresentado pelo sommelier André O Breu do Empório Mercantil.
Elaborado pelo enólogo François Massoc, com uvas de um único vinhedo, no Vale do Cachapoal, Chile, esse rosé levou 89 Pontos no Guia Descorchados 2011.

Com aromas muito frutados, me remeteu à goiaba vermelha e frutas frescas. Na boca é gordo e tem uma acidez ótima com final longo.
Harmonizou muito bem com o atum e o tomate.

Custa R$ 45,00 no Empório Mercantil.

2012-12-11 20.27.38

Acabei minha noite feliz com o resultado e relaxada. Muito bom!

2012-12-11 21.03.11 2012-12-11 21.02.31

Jantarzinho em casa para testar nova receita: Farfalle ao Vôngole

Voltando para casa hoje, fiquei pensando em uma receita nova.
Coisa que sempre faço. Imagino ingredientes e sabores.

Pensei em um peixe, mas só tinha um salmão que já separei para o ceviche do final de semana. Então, achei uns vôngoles … Oba! Vamos testar!

Refoguei os vôngoles com ervas, cebola e alho no azeite.

E, quando pronto, coloquei o creme de leite e pimenta-do-reino.

O segredo ficou no macarrão que, assim que estava cozido, além da tradicional manteiga, coloquei limão.

Misturei o molho e o restante, servi por cima.

Como hoje, particularmente, estou inspirada, decidi abrir um vinho que adoro e que já estava mesmo na hora de ser degustado: Chignin Bergeron 2006

Bem, pela cor você já percebe que o vinho está bastante evoluído, embora esteja impecável. Pra falar a verdade, me surpreendeu, pois não tinha nenhum sinal de oxidação.
Um vinho aromático, senti bastante abacaxi, depois pêssego, mel … Muito bom.

O creme de leite do molho, mais o grana-padano que servi por cima, harmonizaram muito bem.

Santé!