Arquivo da tag: EVENTOS

O tempo esfriou … que tal uma sopinha????

Que tal aproveitar esse friozinho para tomar sopinhas pra lá de saborosas?
Pois é, pelo 12º ano, o Restaurante Consulado Mineiro abre suas portas para o seu famoso Festival de Sopas e Cremes.

Estive lá e tenho que tirar o chapéu para o “cozinheiro” e proprietário Fernando Carneiro: não conheço nenhum outro buffet tão saboroso!!!

São 12 opções, entre elas:
Creme de mandioca com carne-de-sol, Bambá de couve c/ bolinho de ovo c/ queijo (uma espécie de Caldo Verde Brasileiro), Creme de Legumes, Creme de Cebolas, Creme de Cenoura com Gengibre, Caldo de Feijão, Canja de galinha com couve-flor, Canjiquinha mineira c/ costelinha e tomate.

O restaurante tem clima de casa, aconchegante, preço honesto e sabores “de verdade”.
Tem cerveja e uma carta de vinhos enxuta, mas boa e com preços justos.
Fernando está sempre lá, com um sorriso no rosto, simplicidade e muita competência.
O belo e o bom está no simples.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ah, me esqueci de dizer: o buffet inclui além das sopas, muito torresmo e cuscuz paulista para acompanhar e, como não temos medo de sermos felizes, para finalizar, tem canjica!!! Uma delícia!!!

Serviço
12º Festival de Sopas e Cremes
Início: 7 de maio
De quarta a sábado, a partir das 20h
R$ 30,00 por pessoa

Consulado Mineiro – A Melhor Cozinha de Minas em São Paulo
Rua Cônego Eugênio Leite, 504 – Pinheiros
Delivery: 3898-3241
Nextel: 7802-3528
www.consuladomineiro.com.br

 

ExpoVinis 2014: coisas que vi e que penso sobre…

As feiras de vinhos são uma grata oportunidade para conversar com produtores sobre suas histórias e suas vidas, completamente misturadas às do vinho que produzem. Degustações, aromas, sabores… Encontrar velhos amigos e fazer novos. Ah, elas sempre nos proporcionam uma surpresa agradável, como se fosse a primeira vez.

A ExpoVinis 2014 me encheu de orgulho com os vinhos brasileiros. Haviam vários stands e, para mim, a grande alegria foi perceber que, no geral, eles finalmente têm uma cara própria. Uma identidade.
Tomei vinhos deliciosos, sem passagem por madeira, com acidez alta – digo agradável, toques minerais… Sem exageros, elegantes e às vezes rústicos… Uma delícia!
Fiquei bem feliz com o que vi!
Os espumantes então, sem palavras… Excelentes, frescos, alegres, como têm que ser!

Vinhos alemães, italianos, portugueses, uruguaios, argentinos, chilenos… Enfim, muita coisa… Muitos, muito bons… Alguns, nem tanto! Mas a diversidade é que é divertida.

Adoro as palestras e os bate-papos. Por isso, para mim, o stand mais bacana foi o francês, que nos brindou de hora em hora com bate-papos com produtores, degustações e palestras por regiões: Loire, Beaujolais, Champagne, Languedoc, Bordeaux, e até uma de harmonização de vinhos franceses com comida brasileira: show!

Confesso que não foi a melhor ExpoVinis que fui, mas posso garantir que foi bem melhor que a de 2013… Sejamos otimistas: 2015 será melhor ainda!!!  Fingers crossed!!!

Este slideshow necessita de JavaScript.