Arquivo da tag: harmonização

Lanchinho rápido de Aspargos com Ovos

Camera 360
Normalmente não tenho muito tempo para fazer o meu almoço. Então, a solução é inventar um prato rápido, que me sustente e que seja fácil de elaborar.
Hoje no almoço resolvi fazer aspargos com ovos.

Em uma frigideira, coloquei 2 fatias de pão integral para tostar.

Enquanto isso, cortei 2 aspargos frescos, deixando a ponta maior, e o restante cortei em pedaços de mais ou menos 1,5 cm. Refoguei-os rapidamente em uma frigideira com azeite, alho e alecrim. Um pouco de sal e pronto. Rapidinho, para ficar “al dente”. Uns 5 minutos.

Por cima, joguei dois ovos caipiras e tampei a frigideira para que cozinhassem, mas ficassem com a gema mole.

Em um prato coloquei os pães tostados, e, por cima, os ovos com aspargos e finalizei com fatias bem fininhas de mortadela com pistache.

Para beber, uma taça de espumante brut. Aspargos e ovos são difíceis de harmonizarem. Mas, sabemos que espumante vai bem com tudo, não é mesmo?

Esse prato é uma boa sugestão para entradinhas ou para petisco também!

Rapidinho e delicioso!

Bom apetite!!!

Anúncios

Menu a Quatro Mãos une os Chefs Priscilla Herrera e André Castro

DSC03510Ainda há quem torça o nariz quando o assunto é comida vegetariana. E tenho que admitir que, até pouco tempo atrás, muitos dos restaurantes vegetarianos ofereciam uma comida sem gosto, sem tempero. Resumindo, sem graça. 
Mas é preciso abrir a cabeça e perceber que hoje alguns restaurantes mudaram esse paradigma.

Um deles é o Banana Verde, da Chef Priscilla Herrera
Você pode ter certeza que vai se alimentar muito bem, degustando pratos super saborosos, elaborados com produtos orgânicos, sem nem sentir falta de uma picanha!!! rsrs 

Dando continuidade ao Evento “MENU A 4 MÃOS”, na última quinta-feira, Priscilla recebeu o Chef André Castro para, juntos, produzirem o jantar harmonizado que tinha como tema: “Cozinha Mediterrânea“.

André, proprietário do D’Olivino, arrasou na combinação de bons ingredientes, temperos e especiarias. O resultado foi uma comida extremamente saborosa e, ao mesmo tempo, delicada. 

A cada prato degustado, uma grande surpresa de sabores e texturas. 

Este slideshow necessita de JavaScript.



Para começar, um couvert com pães integrais de fermento levain no forno a lenha, manteiga de ervas da horta, pasta de berinjela com tahine e tomatinhos. 
Para beber: suco de tomate temperado. 

Primeira entrada: 
Creme marroquino de abóbora com laranja, feijão branco, especiarias e coalhada fresca. 

Segunda entrada: 
Cogumelos com queijo Taleggio, ervas e nozes. 

Para harmonizar, vinho branco Nouestra Senõra Del Portal DO orgânico 2011, Terra Alta, Cataluña, Espanha. 

Prato Principal: 
Massa recheada com creme de beterraba assada no forno à lenha, queijo coalho orgânico, parmesão, manteiga de sálvia e cocrante de castanhas do Pará. 

Para harmonizar, Vinho tinto Arrogant Frog 2012 Orgânico – Languedoc-Roussilon, França. 

Sobremesa: 
Torta rústica de maçã com uvas, assada no forno à lenha, creme de baunilha e chantilly de iogurte e mel. 

Sensacional!!!!! 

E sabe qual é o preço do menu completo com harmonização? R$ 115,00!!!! 


Na próxima quinta, dia 22/05/2014, Priscilla receberá o Chef José Maria Freires, com o tema “Chez Croque”. 

Vai perder?????

Serviço 
Restaurante Banana Verde – “Menu à 4 mãos” 
Rua Harmonia, 278 – Vila Madalena 
Tel: (11) 3814-482 
Horário: A partir das 20h 

Mais uma novidade do Rubi Wine Bar: Degustações Harmonizadas!

Olha que oportunidade bacana para aprender mais sobre essa bebida apaixonante que é o vinho:
O Rubi Wine Bar está promovendo degustações para grupos de até 20 pessoas.
São quatro opções, todas conduzidas pelos proprietários, os renomados sommeliers Fabiano Aurélio (Sommelier do Ano, Prêmio Gula 2007)  e Tony Araújo (ex Figueira Rubayat):

1) Degustação com palestra sobre os vinhos (características da Região, Uva e País);
2) Degustação de iniciação ao mundo do vinho (como degustar e escolher um rótulo);
3) Degustação para empresas com harmonizações especiais com pratos e/ou petiscos;
4) Degustação vertical ou horizontal (podendo ser com vinhos dos clientes ou com os vinhos da carta da casa).

O orçamento é sob consulta, pois depende do programa e vinhos a serem degustados.
Aliás, eles estão abertos à outras propostas de degustações.
Para maiores informações, entre em contato pelo telefone 11 4323 1667.

Rubi Wine Bar
Al. Jaú, 1595, Jardim Paulista
44 lugares.
Funcionamento: das 12h às 0h (seg. a qui); das 12h às 0h30 (sex.) e das 18h às 1h (sáb.). Fecha aos domingos.
Cartões de crédito todos.
Acesso para deficientes. Acesso internet. Estacionamento com manobrista (R$15)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Happy-Hour no Wine Bar da Enoteca Decanter

Mais uma dica de lugar delicioso para se tomar ótimos vinhos em São Paulo, a preços honestos: o Wine Bar da Enoteca Decanter.
Estive lá na última sexta-feira, dia 19/07/2013, e fui super bem atendida pela querida e competente Sommelière Barbarita Briceño.
O espaço é super bonito, charmoso e perfeito para um bate-papo, com uma mesa comunitária, além do balcão que é uma delícia para interagir com os sommelieres e fazer novos amigos.
Com mais de 50 rótulos servidos em taça, são também oferecidas opções de degustações em “combos”, denominados Flights: 3 doses de 60 ml de vinho para se fazer uma análise comparativa entre eles.
É uma experiência incrível, a preços bastante convidativos.
Além disso, as comidinhas são deliciosas.

O Wine Bar da Enoteca Decanter foi eleito o Melhor Wine Bar de São Paulo pela Revista Veja São Paulo em 2012.

Não deixe de conhecer.

www.decanter.com.br

Este slideshow necessita de JavaScript.


Rua: Joaquim Floriano, 838 – Itaim Bibi
Tel.: (11) 3073.0500

Horário de funcionamento:
De segunda à sexta-feira, das 10h às 22h; e sábado, das 10h às 18h.
Fecha aos domingos e feriados;

Degustação de Vinhos Espanhóis na Enoteca La Madrileña

O La Madrileña é uma casa de vinhos que tem uma história muito bacana.

Seus donos, Emerson Mafra e Edson Saraiba decidiram abri-la quando ainda moravam na Espanha e estavam pensando em voltar para o Brasil.
Foi quando saíram em busca de vinhos de qualidade e de pequenos produtores na região de Rioja, Ribeira del Duero e Rueda.
O resultado disso foi que vários produtores se interessaram em ter os seus vinhos representados no Brasil e coube a Emerson e Edson, com a ajuda de um profissional, a difícil tarefa de escolher apenas alguns exemplares para trazerem para cá.

Pois bem, depois de muita burocracia, os vinhos chegaram, 15 rótulos ao todo, e assim surgiu a ideia de apresentá-los através de degustações, as quais tive o privilégio de conduzir.

Foi um grande prazer, primeiro porque gosto dos vinhos. Aliás, jamais conseguiria apresentar algum produto que não gosto ou que não acredito.
Segundo, porque tive carta branca dos meninos para fazer as coisas do meu jeito, sem cara de aula, ou com muito “enologuês”, justamente porque eles acreditam, assim como eu, que vinho tem que ser uma coisa descomplicada e prazerosa acima de tudo.

Minha ideia foi falar um pouco sobre a história da Viticultura na Espanha, dar uma pincelada sobre as regiões produtoras e servir comidinhas que acompanhavam os vinhos, para exercitarmos nossos sentidos, identificando as melhores e piores harmonizações, aromas e sabores.

Senti as pessoas muito interessadas e muito à vontade.

Foi uma experiência muito importante e enriquecedora para mim.
Agradeço a confiança de Emerson e Edson e o apoio e suporte incondicional e constante de Raúl Javales, desde o início.
Apareçam por lá para degustarem esses maravilhosos vinhos.
Vocês não se arrependerão!

R. Cônego Eugênio Leite, 1127 | Fone: 11 3034-0344 | lamadrilenasp@gmail.com

Este slideshow necessita de JavaScript.

Degustando a Vida no Wine Dinner da Wine Vinhos

À convite da Wine Vinhos, dia 03/05/2013 participei de um Wine Dinner no Restaurante North Grill Vila Nova para o lançamento do vinho Toro Loco Crianza 2010.
Para quem não lembra, o Toro Loco 2011 foi um vinho que causou frisson ao ganhar em 2012 a Medalha de Prata na IWSC International Wine & Spirit competition, uma tradicional degustação às cegas que ocorre anualmente.
Comandado pelo sommelier Manuel Luz, acessorado por uma equipe super competente e de bem com a vida, o jantar aconteceu num clima descontraído, com muita gente bacana, ótima comida e ótimos vinhos, claro.
Para quem não sabe, atualmente a Wine é a maior loja de vinhos da América Latina.
Eu, particularmente, costumo consumir bastante seus vinhos, inclusive faço parte do clube, por gostar de sua proposta de democratizar o vinho, apresentando sempre ótimos custos x benefícios e facilitando o acesso ao vinhos do mundo.
Bem, vamos às fotos e aos vinhos! Clique nas fotos para ver os detalhes e comentários!

Obrigada ao pessoal da Wine Vinhos pelo convite e parabéns pela qualidade e competência dos seus serviços!

Para saber mais detalhes sobre os vinhos, preços, etc, acesse aqui.

Voltando ao Rubi Wine Bar. Já conhece? Não? Então você tem que conhecer!

DSC00243
Eu conheci o Rubi Wine Bar ainda com seus antigos donos, em 2011.
Em 2012 estive lá, já sob o comando de Fabiano e Araújo.
Na época, fiz um post sobre minha impressão super positiva da casa, mas queria voltar para fazer algumas fotos e conhecer melhor os detalhes.
Consegui fazer isso na última sexta-feira, 26/04/2013, depois de uma tentativa frustrada de chegar ao último dia da Expovínis!

Fabiano Aurélio é sommelier desde 1994 e tem no curriculum trabalhos de peso: foi sommelier do Figueira Rubaiyat, sommelier da Grand Cru, além de ter ganho em 2007 o Prêmio Gula de Sommelier do Ano. Nada mal, hein?

Tony Araújo também foi sommelier do Figueira Rubaiyat.

Bem, o que percebi é que os meninos mandam muito bem, e apresentam um serviço do vinho impecável.

Além disso, a carta de vinho, apesar de enxuta, tem vinhos para todos os gostos e,  melhor, bolsos.

Também têm várias opções de vinhos em taça, inclusive jerez, vinho do porto e grappa!

Como vocês sabem, sou super preocupada em divulgar lugares que têm preços honestos e os preços dos vinhos praticados no Rubi são assim. Por exemplo, um vinho argentino com 93 pontos de Robert Parker que custa R$ 50,00 na Importadora, lá custa R$ 66,00. Nada mal, hein?

Ah, eles não cobram taxa de rolha, mas duvido que você precise levar seu vinho. Com certeza terá uma ótima opção por lá!

O cardápio apresenta boas opções de petiscos, tábuas de frios e queijos, e tudo que experimentei estava impecável.
Além de pratos deliciosos elaborados pela chef Renata Braune.

De segunda a sexta-feira tem almoço executivo que, de segunda à quinta, sai por R$ 29,90 ( 4 opções de entrada e 3 opções de pratos diferentes a cada dia ) e às sextas tem uma opção de prato especial por R$ 39,90.
Ah, e com mais R$ 10,00 no executivo você degusta uma taça de vinho branco ou tinto.

Gosto de lugares como esse: aconchegantes, de super bom gosto, bonitos, mas sem ser sofisticados. Com atendimento amigável, simpático, mas que leva muito a sério o consumidor e o trata com muito profissionalismo e respeito.

Fui super bem recebida e pretendo voltar muitas vezes.

Para mim, o Rubi tem o melhor serviço de Wine Bar de São Paulo.

Existe uma frase que gosto muito de citar, que define minha aventura dessa sexta-feira, quando perdi 2 horas no trânsito tentando chegar à Expovínis e, como desisti, fui fazer a matéria do Rubi: há males que vêm para bem! Foi a melhor coisa que poderia ter acontecido!
Assim é a vida. Tudo é perfeito como é!

Que bom que perdi a Expovínis!!!

Vida longa ao Rubi Wine Bar.

Parabéns meninos!

Para saber mais, entre no site clicando aqui ou curta a página no Facebook clicando aqui.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Rubi Wine Bar

Endereço: Alameda Jaú, 1595 – Jardim Paulista – São Paulo – SP

Telefone: 11 4323-1667

Preparando o almoço com o que se tem na geladeira. Com vinho, sempre!

Mesmo sendo domingo, acordei cedo porque gosto, e pensei no que preparar para o almoço.
Abri o freezer e decidi descongelar uns filés de frango, sem saber ao certo o que faria.
Bem, eu sou assim, só consigo fazer bem feito quando tenho inspiração. Sou do tipo Alberto Caeiro, heterônimo de Fernando Pessoa, quando disse: “Pensar uma flor é vê-la e cheirá-la”. Essa sou eu!
Enfim, na hora do almoço, vasculhei a despensa, geladeira, e decidi que faria um arroz com frango. Na verdade, como só tinha arroz arbório, aquele apropriado para risotos, meu arroz se tornaria humildemente um risoto.
Primeiramente, pus para ferver água com alecrim, tomilho, manjericão, louro e alho.
Enquanto isso, cortei o frango em cubinhos e o refoguei com cebola roxa, alho, sal grosso temperado e azeite.
Quando estava fritinho, reguei com o único vinho aberto que tinha na geladeira: um tinto do Rhone!!!
Essa foi a grande dúvida. Será que o vinho tinto não mataria meu frango?!
Bem, fui em frente e, quando o frango estava pronto, retirei-o da panela e deixei apenas o caldinho e alguns cubinhos.
Joguei o arroz, refoguei e, na primeira refoga, reguei com o resto do vinho tinto.
Nas próximas vezes, reguei com o caldo e coloquei uma colher bem generosa de manteiga.
Bem, esse foi nosso almoço.
Pensando na harmonização, embora fosse um frango, tinha a influência do vinho tinto e das ervas, escolhi um rosé mais estruturado, elaborado em Bordeaux.
Com uma saladinha verde e tomates sweet, posso dizer que ficou perfeito, modéstia à parte.
Não gastei um centavo, pois usei tudo que tinha em casa, inclusive as ervas do meu quintal.
Comer bem é uma das melhores coisas do mundo e não necessariamente precisa ser caro.

Espero que tenham entendido a receita. Se tiverem dúvidas, é só perguntar. Estou por aqui, degustando a vida e tentando mostrar, com humildade, que fazendo da forma mais simples pode ser também a forma mais saborosa!
Vou incluir essa receita em meus menus. Ficou sensacional!

Saúde!

Aqui, o poema de Fernando Pessoa, através de seu heterônimo, Alberto Caeiro.

Guardador de Rebanhos

Sou um guardador de rebanhos.
O rebanho é os meus pensamentos
E os meus pensamentos são todos sensações.
Penso com os olhos e com os ouvidos
E com as mãos e os pés
E com o nariz e a boca.

Pensar uma flor é vê-la e cheirá-la
E comer um fruto é saber-lhe o sentido.

Por isso quando num dia de calor
Me sinto triste de gozá-lo tanto,
E me deito ao comprido na erva,
E fecho os olhos quentes,
Sinto todo o meu corpo deitado na realidade,
Sei a verdade e sou feliz.

Aula com o Chef Carlos Ribeiro na Dragonetti

No último sábado, dia 09/03/2013, fui visitar a tradicional Loja Dragonetti, a convite de meu amigo Raúl Javales, consultor da loja e amigo das proprietárias, as queridas irmãs Claudia e Valeria Dragonetti, que nos proporcionaram um dia muito especial e agradável.

Foram duas aulas show com o Chef Carlos Ribeiro, proprietário do Restaurante Na Cozinha, que nos ensinou a fazer Fideuá e seu famoso e premiado Picadinho de Carne.

2013-03-09 14.48.09

Com um astral delicioso e alunos curiosos, o primeiro prato foi o Fideuá, um tipo de paella preparada com pescados e frutos do mar que, ao invés de arroz, utiliza macarrão. Vejam o resultado, que coisa mais linda e apetitosa!

2013-03-09 17.38.15

A dica de harmonização foi dada pela premiada Sommelière Jô Barros, que nos indicou o Casa Miriam Unoaked Chardonnay 2012 da Bodega La Rural , um Chardonnay mendoncino unoaked (sem passagem por madeira) que ficou perfeito com o prato. Jô também deu uma mini-aula sobre dicas de degustação. Muito bom!

2013-03-09 15.04.46

O prato seguinte foi o famoso Picadinho de Filé Mignon do Chef, premiado como Melhor Picadinho pela Revista Época e pelo Caderno Paladar, pelo juri popular, em 2011.

2013-03-09 13.56.23

Para a harmonização o sommelier Efraim José da Silva, sugeriu um Carmenére chileno, o Viña Tuniche Carmenére 2009com toda tipicidade dessa casta, com toques herbáceos e pimentão, que também harmonizou muito bem com o picadinho.

2013-03-09 16.07.48

O Chef, além de ensinar o passo a passo das receitas, recheou as aulas com muitas estórias e ótimo humor.

2013-03-09 16.24.48

Além disso, ao final, foram distribuídos mimos para todos os participantes, que saíram super entusiasmados e felizes.

2013-03-10 18.10.06

Parabéns à todos pela maravilhosa iniciativa!

Para mim, foi um sábado delicioso e inesquecível. Me senti em casa, com tanto acolhimento, diversão, aprendizado e o prazer de conhecer mais pessoas incríveis nesse mundo encantador da gastronomia.

Obrigada Raúl, Valéria e Claudia pelo carinho!

2013-03-09 16.08.59

Olha só o que consegui: a Receita do Picadinho!!!!

Picadinho do Na Cozinha desde 2009 
( Obs: Para o Oriental acrescentamos Shoyu, Gengibre e Mirina na receita)
Para 2 pessoas.
Tempo 50 min
Fácil 
300g de mignon picado na ponta da faca
20gde manteiga
50gde cebola picadinha
2 dentes de alho picados
1 colher de sopa de coloral
2 colheres de sopa de azeite extra virgem
sal e pimenta moídos na hora
30 grama(s) de salsinha picada
1 tomate picado
06 colheres de sopa de azeite extra virgem

Modo de preparo
Numa frigideira, coloque o azeite e a manteiga, em seguida junte a carne. Frite por aproximadamente três minutos, mexendo devagar.

Coloque a cebola, o alho, tempere com o sal e a pimenta. Refogue por alguns minutos e adicione o colorau, salsinha e tomate. Junte aproximadamente 8 colheres de sopa de caldo de legumes, para ficar molhadinho.

Deixe reduzir por uns 4 minutos em fogo baixo. Desligue e sirva. Acompanhamento pode ser arroz, salada de tomates, ou outra de sua preferência, farofa, pasteis ou ovo frito!! Banana frita fia a gosto!

Servimos como na foto( arroz, farofa, dois pasteis, saladinha de tomates com azeite, e feijão a parte)

Bom apetite!!!!!

Bruschettas: sabores, história e harmonização

colagem4

Um pouco de história:

A bruschetta surgiu no período da Antigüidade, entre os trabalhadores rurais italianos, que a inventaram para aproveitar as sobras dos pães do dia anterior.

A palavra bruschetta deriva de “bruscato” que em italiano significa tostado ou torrado e tem origem nas regiões do Lazio e de Abruzzo.

O principal é tostar um pão rústico, regá-lo com um bom azeite e, ainda quentinho, esfregar alho nele.

O recheio fica por conta de sua imaginação!

Para testar novas receitas, convidei minha amiga e chef de cozinha, Elisabete Claudio.

A elaboração foi uma delícia, com muita criatividade, bom papo e regada a ótimos vinhos.

Tudo avaliado pela minha amiga Magda e minha filha Rebeca.

Para começar os trabalhos: abrir um vinho geladinho!
Quis ousar com esse Riesling Australiano.

2013-03-02 16.23.24

No nariz apresentou aromas típicos da Riesling, frutas cítricas, pêssego e um toque floral.
Na boca é bem seco e menos expressivo do que esperado.
Deixou a desejar.
Wakefield Riesling 2010
Clare Valley, Australia
Casa Flora: R$ 60,00

2013-03-02 16.23.35 2013-03-02 16.23.46

Mãos à obra!!!

2013-03-02 17.10.59 2013-03-02 17.36.00

Eu e a Chef!

2013-03-02 17.36.14

2013-03-02 17.36.24  

Primeira opção: vegetariana, abobrinha assada, alho assado, tomate sweet e alecrim

2013-03-02 17.36.37

Aqui, a mesma versão de abobrinha, com grana padano ralado.

2013-03-02 17.40.13

Outra opção vegetariana: Pasta de berinjela, abobrinha, alecrim e lascas de amêndoas

2013-03-02 18.04.32

Essa fizemos com pasta de tomate sweet, presunto parma, pimenta verde e manjericão

2013-03-02 18.43.26

Para petiscar: Azeitonas chilenas, alecrim e azeite2013-03-02 17.39.24
Mais um vinho. Para mim, o que melhor harmonizou com todas as bruschettas!2013-03-02 17.49.42

Muito equilibrado, macio, aromas típicos da chardonnay, abacaxi principalmente.
Final de boca longo. Muito bom!
Abel Pinchard
La Chapelle-de-Guinchay
Pouilly-Fuissé
Casa Flora R$ 72,43

2013-03-02 17.50.34

Um outro vinho maravilhoso que comprei na minha última viagem à Serra Gaúcha.
Um belo Pinot Noir brasileiro.

2013-03-02 18.46.06

Uma surpresa agradável. Um pinot noir do Brasil muito parecido com um Borgougne.
Nariz de frutas vermelhas e especiarias e tudo confirmado em boca.
Final longo e surpreendente.
VINHEDOS HOOD PINOT NOIR
(Vinícola Geisse)
2011 – PINTO BANDEIRA, BRASIL

Amigas!!!
Poses para as fotos!!!

2013-03-02 19.00.162013-03-02 19.01.192013-03-02 19.02.052013-03-02 19.02.262013-03-02 19.06.47
Para encerrar, apresentei esse vinho que comprei há alguns anos atrás do próprio produtor.
Docinho, aromático, fresco e saboroso!

2013-03-02 20.48.352013-03-02 20.48.442013-03-02 20.48.56