Arquivo da tag: Receitas

Lanchinho rápido de Aspargos com Ovos

Camera 360
Normalmente não tenho muito tempo para fazer o meu almoço. Então, a solução é inventar um prato rápido, que me sustente e que seja fácil de elaborar.
Hoje no almoço resolvi fazer aspargos com ovos.

Em uma frigideira, coloquei 2 fatias de pão integral para tostar.

Enquanto isso, cortei 2 aspargos frescos, deixando a ponta maior, e o restante cortei em pedaços de mais ou menos 1,5 cm. Refoguei-os rapidamente em uma frigideira com azeite, alho e alecrim. Um pouco de sal e pronto. Rapidinho, para ficar “al dente”. Uns 5 minutos.

Por cima, joguei dois ovos caipiras e tampei a frigideira para que cozinhassem, mas ficassem com a gema mole.

Em um prato coloquei os pães tostados, e, por cima, os ovos com aspargos e finalizei com fatias bem fininhas de mortadela com pistache.

Para beber, uma taça de espumante brut. Aspargos e ovos são difíceis de harmonizarem. Mas, sabemos que espumante vai bem com tudo, não é mesmo?

Esse prato é uma boa sugestão para entradinhas ou para petisco também!

Rapidinho e delicioso!

Bom apetite!!!

Anúncios

Quinua, um curinga na hora da fome!

quinoa_topic600 Andrew Scrivani
Foto Andrew Scrivani

Uma dica de comidinha leve para esses dias quentes, mas que sustenta de verdade é a Quinua*.
Cultivada nos Andes há milênios, é um dos alimentos mais completos do mundo.

Como não tenho muito tempo, tenho consumido bastante quinua em meu dia a dia, mudando os acompanhamentos para variar o sabor.

Cozinhá-la é muito fácil: 7 minutinhos e está pronta!
Escorra e invente um acompanhamento, de preferência com o que estiver sobrando na geladeira.

Hoje eu refoguei 1 cebola média, 1 talo de alho-poró no azeite.
Misturei a quinua já cozida e levei à geladeira.
Na hora de servir, acrescentei cenoura ralada, tomate sweet e hortelã para dar um frescor.

Fica ótimo também com alecrim ou manjericão!

Um pouquinho de limão ou aceto balsâmico, sal, pimenta do reino e pronto!!!

Hoje acompanhei com peito de peru, que deu um sabor defumado ao prato. Mas fica ótimo também com presunto parma.
Coloquei também uma colher bem cheia de queijo cottage (poderia ser outro também, por exemplo, o fetta).Camera 360

Para harmonizar, uma taça de um vinho branco geladinho. Perfeito!!!!

Estou super alimentada, sem estar estufada!!!

Bom apetite!!!!

* Além de proteínas, são encontradas na Quinua: vitaminas A (importante para a saúde dos olhos), B1, B2 e B3 (relacionados ao bom funcionamento do sistema nervoso central), B6 (ligada aos processos inflamatórios), E e C (antioxidantes, ou seja, previnem danos as nossas células) e os minerais, ferro (previne anemia); fósforo e potássio (ligado ao bom funcionamento dos músculos), magnésio (relacionados aos processos antiinflamatórios), zinco (constituinte do sistema imune) e o cálcio (contribui para boa formação dos ossos e dentes).

Aula com o Chef Carlos Ribeiro na Dragonetti

No último sábado, dia 09/03/2013, fui visitar a tradicional Loja Dragonetti, a convite de meu amigo Raúl Javales, consultor da loja e amigo das proprietárias, as queridas irmãs Claudia e Valeria Dragonetti, que nos proporcionaram um dia muito especial e agradável.

Foram duas aulas show com o Chef Carlos Ribeiro, proprietário do Restaurante Na Cozinha, que nos ensinou a fazer Fideuá e seu famoso e premiado Picadinho de Carne.

2013-03-09 14.48.09

Com um astral delicioso e alunos curiosos, o primeiro prato foi o Fideuá, um tipo de paella preparada com pescados e frutos do mar que, ao invés de arroz, utiliza macarrão. Vejam o resultado, que coisa mais linda e apetitosa!

2013-03-09 17.38.15

A dica de harmonização foi dada pela premiada Sommelière Jô Barros, que nos indicou o Casa Miriam Unoaked Chardonnay 2012 da Bodega La Rural , um Chardonnay mendoncino unoaked (sem passagem por madeira) que ficou perfeito com o prato. Jô também deu uma mini-aula sobre dicas de degustação. Muito bom!

2013-03-09 15.04.46

O prato seguinte foi o famoso Picadinho de Filé Mignon do Chef, premiado como Melhor Picadinho pela Revista Época e pelo Caderno Paladar, pelo juri popular, em 2011.

2013-03-09 13.56.23

Para a harmonização o sommelier Efraim José da Silva, sugeriu um Carmenére chileno, o Viña Tuniche Carmenére 2009com toda tipicidade dessa casta, com toques herbáceos e pimentão, que também harmonizou muito bem com o picadinho.

2013-03-09 16.07.48

O Chef, além de ensinar o passo a passo das receitas, recheou as aulas com muitas estórias e ótimo humor.

2013-03-09 16.24.48

Além disso, ao final, foram distribuídos mimos para todos os participantes, que saíram super entusiasmados e felizes.

2013-03-10 18.10.06

Parabéns à todos pela maravilhosa iniciativa!

Para mim, foi um sábado delicioso e inesquecível. Me senti em casa, com tanto acolhimento, diversão, aprendizado e o prazer de conhecer mais pessoas incríveis nesse mundo encantador da gastronomia.

Obrigada Raúl, Valéria e Claudia pelo carinho!

2013-03-09 16.08.59

Olha só o que consegui: a Receita do Picadinho!!!!

Picadinho do Na Cozinha desde 2009 
( Obs: Para o Oriental acrescentamos Shoyu, Gengibre e Mirina na receita)
Para 2 pessoas.
Tempo 50 min
Fácil 
300g de mignon picado na ponta da faca
20gde manteiga
50gde cebola picadinha
2 dentes de alho picados
1 colher de sopa de coloral
2 colheres de sopa de azeite extra virgem
sal e pimenta moídos na hora
30 grama(s) de salsinha picada
1 tomate picado
06 colheres de sopa de azeite extra virgem

Modo de preparo
Numa frigideira, coloque o azeite e a manteiga, em seguida junte a carne. Frite por aproximadamente três minutos, mexendo devagar.

Coloque a cebola, o alho, tempere com o sal e a pimenta. Refogue por alguns minutos e adicione o colorau, salsinha e tomate. Junte aproximadamente 8 colheres de sopa de caldo de legumes, para ficar molhadinho.

Deixe reduzir por uns 4 minutos em fogo baixo. Desligue e sirva. Acompanhamento pode ser arroz, salada de tomates, ou outra de sua preferência, farofa, pasteis ou ovo frito!! Banana frita fia a gosto!

Servimos como na foto( arroz, farofa, dois pasteis, saladinha de tomates com azeite, e feijão a parte)

Bom apetite!!!!!

Bruschettas: sabores, história e harmonização

colagem4

Um pouco de história:

A bruschetta surgiu no período da Antigüidade, entre os trabalhadores rurais italianos, que a inventaram para aproveitar as sobras dos pães do dia anterior.

A palavra bruschetta deriva de “bruscato” que em italiano significa tostado ou torrado e tem origem nas regiões do Lazio e de Abruzzo.

O principal é tostar um pão rústico, regá-lo com um bom azeite e, ainda quentinho, esfregar alho nele.

O recheio fica por conta de sua imaginação!

Para testar novas receitas, convidei minha amiga e chef de cozinha, Elisabete Claudio.

A elaboração foi uma delícia, com muita criatividade, bom papo e regada a ótimos vinhos.

Tudo avaliado pela minha amiga Magda e minha filha Rebeca.

Para começar os trabalhos: abrir um vinho geladinho!
Quis ousar com esse Riesling Australiano.

2013-03-02 16.23.24

No nariz apresentou aromas típicos da Riesling, frutas cítricas, pêssego e um toque floral.
Na boca é bem seco e menos expressivo do que esperado.
Deixou a desejar.
Wakefield Riesling 2010
Clare Valley, Australia
Casa Flora: R$ 60,00

2013-03-02 16.23.35 2013-03-02 16.23.46

Mãos à obra!!!

2013-03-02 17.10.59 2013-03-02 17.36.00

Eu e a Chef!

2013-03-02 17.36.14

2013-03-02 17.36.24  

Primeira opção: vegetariana, abobrinha assada, alho assado, tomate sweet e alecrim

2013-03-02 17.36.37

Aqui, a mesma versão de abobrinha, com grana padano ralado.

2013-03-02 17.40.13

Outra opção vegetariana: Pasta de berinjela, abobrinha, alecrim e lascas de amêndoas

2013-03-02 18.04.32

Essa fizemos com pasta de tomate sweet, presunto parma, pimenta verde e manjericão

2013-03-02 18.43.26

Para petiscar: Azeitonas chilenas, alecrim e azeite2013-03-02 17.39.24
Mais um vinho. Para mim, o que melhor harmonizou com todas as bruschettas!2013-03-02 17.49.42

Muito equilibrado, macio, aromas típicos da chardonnay, abacaxi principalmente.
Final de boca longo. Muito bom!
Abel Pinchard
La Chapelle-de-Guinchay
Pouilly-Fuissé
Casa Flora R$ 72,43

2013-03-02 17.50.34

Um outro vinho maravilhoso que comprei na minha última viagem à Serra Gaúcha.
Um belo Pinot Noir brasileiro.

2013-03-02 18.46.06

Uma surpresa agradável. Um pinot noir do Brasil muito parecido com um Borgougne.
Nariz de frutas vermelhas e especiarias e tudo confirmado em boca.
Final longo e surpreendente.
VINHEDOS HOOD PINOT NOIR
(Vinícola Geisse)
2011 – PINTO BANDEIRA, BRASIL

Amigas!!!
Poses para as fotos!!!

2013-03-02 19.00.162013-03-02 19.01.192013-03-02 19.02.052013-03-02 19.02.262013-03-02 19.06.47
Para encerrar, apresentei esse vinho que comprei há alguns anos atrás do próprio produtor.
Docinho, aromático, fresco e saboroso!

2013-03-02 20.48.352013-03-02 20.48.442013-03-02 20.48.56

Jantarzinho em casa para testar nova receita: Farfalle ao Vôngole

Voltando para casa hoje, fiquei pensando em uma receita nova.
Coisa que sempre faço. Imagino ingredientes e sabores.

Pensei em um peixe, mas só tinha um salmão que já separei para o ceviche do final de semana. Então, achei uns vôngoles … Oba! Vamos testar!

Refoguei os vôngoles com ervas, cebola e alho no azeite.

E, quando pronto, coloquei o creme de leite e pimenta-do-reino.

O segredo ficou no macarrão que, assim que estava cozido, além da tradicional manteiga, coloquei limão.

Misturei o molho e o restante, servi por cima.

Como hoje, particularmente, estou inspirada, decidi abrir um vinho que adoro e que já estava mesmo na hora de ser degustado: Chignin Bergeron 2006

Bem, pela cor você já percebe que o vinho está bastante evoluído, embora esteja impecável. Pra falar a verdade, me surpreendeu, pois não tinha nenhum sinal de oxidação.
Um vinho aromático, senti bastante abacaxi, depois pêssego, mel … Muito bom.

O creme de leite do molho, mais o grana-padano que servi por cima, harmonizaram muito bem.

Santé!